Home Blog

Saiba quantas das 255 mil doses da nova remessa de vacinas contra a Covid-19 cada cidade de Pernambuco recebe. Bodocó recebe 895 doses.

0

O 13º lote de vacinas contra a Covid-19 chegou a Pernambuco na madrugada desta sexta-feira (16). A Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgou o quantitativo de doses dos imunizantes a ser recebido por cada município, para cada um dos públicos em vacinação no estado.

Das novas doses, 102.400 são de CoronaVac/Butantan e 152.750 de Oxford/AstraZeneca. Com esse novo quantitativo, o estado totalizou 2.276.080 doses de imunizantes contra a Covid-19 recebidas, sendo 1.742.360 da Coronavac/Butantan e 533.720 da Astrazeneca/Fiocruz.

Nesta etapa da campanha, devem ser imunizadas pessoas a partir dos 60 anos de idade (de acordo com o município), idosos e pessoas com deficiência abrigados em instituições, população indígena aldeada, povos e comunidades quilombolas tradicionais, trabalhadores de saúde e trabalhadores de forças de segurança e salvamento.

Distribuição de doses por municípios

Cidade Trabalhadores da saúde (2ª dose) Astrazeneca para pessoas entre 65 e 69 anos (1ª dose) Coronavac para pessoas entre 65 e 69 anos (2ª dose) Astrazeneca para pessoas entre 60 e 64 anos Coronavac para pessoas entre 60 e 64 anos Total
Abreu e Lima 130 1210 810 595 150 2895
Afogados da Ingazeira 60 435 290 200 50 1035
Afrânio 20 185 130 80 20 435
Agrestina 30 255 170 115 30 600
Água Preta 30 285 190 140 40 685
Águas Belas 30 440 300 175 50 995
Alagoinha 20 165 110 80 20 395
Aliança 40 430 290 200 50 1010
Altinho 30 290 190 130 40 680
Amaraji 20 195 130 110 30 485
Angelim 10 115 80 60 20 285
Araçoiaba 30 170 120 85 20 425
Araripina 60 715 480 330 90 1675
Arcoverde 120 785 530 355 90 1880
Barra de Guabiraba 20 120 80 60 20 300
Barreiros 50 370 250 190 50 910
Belém de Maria 10 105 70 50 20 255
Belém do São Francisco 20 190 130 85 30 455
Belo Jardim 70 785 530 370 100 1855
Betânia 20 145 100 55 20 340
Bezerros 100 725 490 310 80 1705
Bodocó 50 380 260 165 40 895
Bom Conselho 40 505 340 205 60 1150
Bom Jardim 30 500 340 210 50 1130
Bonito 60 420 280 180 50 990
Brejão 10 100 70 40 10 230
Brejinho 10 75 50 35 10 180
Brejo da Madre de Deus 40 470 310 185 50 1055
Buenos Aires 10 145 100 70 20 345
Buíque 40 525 350 225 60 1200
Cabo de Santo Agostinho 310 1990 1330 980 250 4860
Cabrobó 30 280 190 135 40 675
Cachoeirinha 20 210 140 90 30 490
Caetés 20 290 200 115 30 655
Calçado 10 110 80 50 20 270
Calumbi 10 75 50 30 10 175
Camaragibe 390 1740 1160 840 210 4340
Camocim de São Félix 20 225 150 95 30 520
Camutanga 10 100 70 40 10 230
Canhotinho 20 260 180 120 30 610
Capoeiras 20 230 160 95 30 535
Carnaíba 20 250 170 100 30 570
Carnaubeira da Penha 20 105 70 40 10 245
Carpina 70 940 630 445 110 2195
Caruaru 520 3240 2160 1565 400 7885
Casinhas 20 155 110 70 20 375
Catende 50 380 260 195 50 935
Cedro 20 105 70 50 20 265
Chã de Alegria 20 155 110 65 20 370
Chã Grande 30 235 160 110 30 565
Condado 20 280 190 135 40 665
Correntes 20 220 150 90 30 510
Cortês 20 105 70 55 20 270
Cumaru 20 145 100 65 20 350
Cupira 30 265 180 115 30 620
Custódia 30 420 280 190 50 970
Dormentes 20 195 130 90 30 465
Escada 60 595 400 315 80 1450
Exu 40 315 210 150 40 755
Feira Nova 20 280 190 110 30 630
Fernando de Noronha 0 0 0 0 0 0
Ferreiros 10 145 100 60 20 335
Flores 30 285 190 120 30 655
Floresta 40 275 190 120 30 655
Frei Miguelinho 20 205 140 85 20 470
Gameleira 30 235 160 120 30 575
Garanhuns 260 1480 990 665 170 3565
Glória do Goitá 40 330 220 145 40 775
Goiana 90 830 560 405 110 1995
Granito 10 70 50 35 10 175
Gravatá 100 915 610 425 110 2160
Iati 30 205 140 85 30 490
Ibimirim 30 275 190 115 30 640
Ibirajuba 10 85 60 40 10 205
Igarassu 220 1190 800 580 150 2940
Iguaracy 10 160 110 75 20 375
Ilha de Itamaracá 80 235 160 120 30 625
Inajá 20 135 90 75 20 340
Ingazeira 10 60 40 30 10 150
Ipojuca 140 590 400 320 80 1530
Ipubi 40 245 170 105 30 590
Itacuruba 10 45 30 20 10 115
Itaíba 20 310 210 115 30 685
Itambé 40 360 240 165 50 855
Itapetim 20 205 140 80 20 465
Itapissuma 50 240 160 125 30 605
Itaquitinga 20 155 110 70 20 375
Jaboatão dos Guararapes 1170 7975 5320 3915 980 19360
Jaqueira 20 90 60 45 20 235
Jataúba 20 180 120 90 20 430
Jatobá 20 190 130 80 20 440
João Alfredo 30 405 270 165 40 910
Joaquim Nabuco 20 120 80 60 20 300
Jucati 20 120 80 45 20 285
Jupi 20 165 110 70 20 385
Jurema 20 180 120 75 20 415
Lagoa de Itaenga 30 225 150 100 30 535
Lagoa do Carro 20 195 130 90 30 465
Lagoa do Ouro 20 165 110 65 20 380
Lagoa dos Gatos 20 180 120 70 20 410
Lagoa Grande 30 195 130 100 30 485
Lajedo 30 420 280 200 50 980
Limoeiro 90 700 470 300 80 1640
Macaparana 30 325 220 140 40 755
Machados 30 130 90 60 20 330
Manari 20 175 120 70 20 405
Maraial 20 95 70 50 20 255
Mirandiba 20 160 110 65 20 375
Moreilândia 20 115 80 50 20 285
Moreno 80 685 460 325 90 1640
Nazaré da Mata 70 425 290 195 50 1030
Olinda 550 5050 3370 2385 600 11955
Orobó 20 300 200 125 30 675
Orocó 20 110 80 55 20 285
Ouricuri 140 635 420 280 70 1545
Palmares 120 560 380 280 70 1410
Palmeirina 10 90 60 35 10 205
Panelas 30 305 210 130 40 715
Paranatama 20 130 90 50 20 310
Parnamirim 30 230 160 105 30 555
Passira 40 340 230 160 40 810
Paudalho 60 505 340 250 70 1225
Paulista 320 4545 3030 2050 520 10465
Pedra 20 230 160 105 30 545
Pesqueira 80 715 480 335 90 1700
Petrolândia 30 320 220 150 40 760
Petrolina 690 2565 1710 1285 320 6570
Poção 10 130 90 55 20 305
Pombos 30 295 200 135 40 700
Primavera 10 135 90 70 20 325
Quipapá 40 235 160 115 30 580
Quixaba 10 95 70 35 10 220
Recife 5670 21995 14670 10370 2600 55305
Riacho das Almas 30 225 150 100 30 535
Ribeirão 50 460 310 215 60 1095
Rio Formoso 30 165 110 90 30 425
Sairé 20 115 80 55 20 290
Salgadinho 10 130 90 65 20 315
Salgueiro 120 555 370 265 70 1380
Saloá 20 180 120 75 20 415
Sanharó 20 230 160 125 40 575
Santa Cruz 20 155 100 65 20 360
Santa Cruz da Baixa Verde 20 145 100 55 20 340
Santa Cruz do Capibaribe 80 690 460 340 90 1660
Santa Filomena 20 155 110 70 20 375
Santa Maria da Boa Vista 40 365 250 165 40 860
Santa Maria do Cambucá 10 145 100 70 20 345
Santa Terezinha 20 130 90 55 20 315
São Benedito do Sul 10 140 100 65 20 335
São Bento do Una 50 605 410 275 70 1410
São Caitano 40 335 230 160 40 805
São João 20 255 170 100 30 575
São Joaquim do Monte 20 230 160 115 30 555
São José da Coroa Grande 20 185 130 90 30 455
São José do Belmonte 40 415 280 170 50 955
São José do Egito 50 440 300 175 50 1015
São Lourenço da Mata 150 1180 790 565 150 2835
São Vicente Ferrer 20 195 130 90 30 465
Serra Talhada 160 835 560 380 100 2035
Serrita 20 185 130 85 30 450
Sertânia 30 375 250 180 50 885
Sirinhaém 60 300 200 155 40 755
Solidão 10 70 50 30 10 170
Surubim 70 755 510 325 80 1740
Tabira 30 345 230 140 40 785
Tacaimbó 20 155 110 60 20 365
Tacaratu 20 270 180 105 30 605
Tamandaré 30 190 130 90 30 470
Taquaritinga do Norte 20 280 190 120 30 640
Terezinha 10 85 60 40 10 205
Terra Nova 10 100 70 45 20 245
Timbaúba 60 640 430 285 80 1495
Toritama 30 230 160 120 30 570
Tracunhaém 20 135 90 70 20 335
Trindade 30 235 160 110 30 565
Triunfo 20 195 130 85 30 460
Tupanatinga 10 245 170 105 30 560
Tuparetama 20 105 70 50 20 265
Venturosa 20 190 130 85 30 455
Verdejante 10 100 70 55 20 255
Vertente do Lério 20 100 70 45 20 255
Vertentes 30 210 140 90 30 500
Vicência 40 280 190 150 40 700
Vitória de Santo Antão 190 1530 1020 700 180 3620
Xexéu 20 125 90 65 20 320

Fonte: SES

 

Paulo Câmara pode ser vice de Lula em 2022

0

Será qure o povo de pernambuco vai aceitar ser rifado novamente pelo ex-presidente Lula da Silva? Leia a matéria abaixo:

Com o ex-presidente Lula (PT) livre para candidatar-se em 2022, em decisão revalidada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta semana, as movimentações para a composição da chapa liderada pelo petista começam a ganhar força. Uma das principais especulações é a do governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), compor a chapa presidencial ao lado do líder do PT.

A especulação acontece após uma reunião virtual de Lula com o governador pernambucano. O gestor socialista é vice-presidente nacional do partido, mas para concorrer ao cargo, precisaria deixar a gestão do Estado até abril de 22, prazo máximo estabelecido pela legislação eleitoral para desincompatibilização do cargo.

Até o mês passado, aliados do governador afirmavam que uma aposta mais segura para o seu futuro político poderia ser concorrer ao cargo de deputado federal, mas que a composição em uma chapa presidencial ou mesmo a disputa por uma cadeira no senado Federal, ainda não estava descartado.

Atualmente, a tendência do Partido dos Trabalhadores é adotar candidaturas próprias nos Estados onde já governa e em grandes colégios eleitorais. Recentemente, o próprio presidente Lula reforçou a necessidade de compor com partidos de centro. Segundo o petista, seria importante ir além de partidos de esquerda na construção de uma candidatura pelo Palácio do Planalto. A informação foi relevelada pela coluna Painel, da Folha de São Paulo. Neste sentido, o PSB poderia apresentar nomes que seriam capazes de agregar ao projeto nacional.

O PT e o PSB romperam nacionalmente após o impeachment da presidente Dilma Roussef e depois ensairam uma reaproximação no primeiro turno das eleições de 2018. Só tendo oficializando o reencontro após o segundo turno, quando o PSB embarcou no projeto do PT e abraçou a campanha de Fernando Haddad contra o então candidato Jair Bolsonaro. De lá pra cá a relação passou por alguns percalços, como as eleições municipais de 2020 no Recife, mas os caciques demonstram não nutrir apego por eventos passados.

fonte: Folhape

STF anula condenações de Lula na Lava Jato e torna petista elegível

0

o plenário manteve a decisão do ministro Edson Fachin, que considerou no mês passado que a Justiça Federal de Curitiba não era competente para investigar Lula

“Havia interesse dos Estados Unidos em me condenar”, afirma Lula após STF confirmar anulação de sentenças

Em entrevista à TV argentina C5N, o ex-presidente Lula afirmou que pretende se inspirar na vitória eleitoral de Alberto Fernández e Cristina Kirchner para a conformação de uma chapa em 2022

Revista Fórum – Em sua primeira entrevista após o Supremo Tribunal Federal (STF) reconhecer a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba na análise das denúncias contra ele e anular todas as condenações, o ex-presidente Lula denunciou o interesse dos Estados Unidos em sua condenação, promovida pelo ex-juiz Sergio Moro. Essa tese ganhou força nas últimas semanas após Le Monde denunciar a proximidade do ex-magistrado com o Departamento de Justiça dos EUA.

“O Lawfare é o uso do poder Judiciário para processos políticos. Isso aconteceu com Cristina [Kirchner] na Argentina, com [Rafael] Correa no Equador, com [Evo] Morales na Bolívia… No caso do Brasil, o mais grave é que havia interesses do departamento de Justiça dos Estados Unidos, das petroleiras americanas, das empreiteiras americanas… Queriam destruir a indústria de petróleo e gás”, disse o ex-presidente em entrevista ao jornalista Gustavo Sylvestre na TV argentina C5N.

“Esse processo foi uma mentira enorme, desde 2016 meus advogados mostram que foi uma farsa. Na realidade, a razão do meu processo foi um PowerPoint que meus acusadores usaram. Eu fui condenado por fatos indeterminados. Fizeram isso para me tirar das eleições de 2018”, completou.

Marília Arraes nega que será vice de Bolsonaro e reforça que seu lado é o de Lula

0

Após algumas informações circulando na imprensa, a deputada federal Marília Arraes (PT) publicou, em suas redes sociais, um vídeo negando a especulação de que a parlamentar pernambucana seria a vice no presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no pleito de 2022. A petista reforçou que estará ao lado do ex-presidente Lula (PT) caso o cacique do Partido dos Trabalhadores dispute a corrida eleitoral pelo Palácio do Planalto.

Com bom humor, Marília fez um compilado das matérias que informam a notícia falsa junto com um vídeo da influencer Bianka Nicoli, em respondendo com uma música evangélica se a deputada seria vice do presidente Bolsonaro. “Notícia sem pé, nem cabeça. O povo reconhece quem tem lado e minha trajetória diz qual é o meu. Meu lado é de quem acredita na política que transforma a realidade das pessoas, é o lado de quem luta por justiça social, é o lado de Arraes, é o mesmo lado daquele que vai trazer de volta o Brasil como potência mundial. Meu lado, é o de Lula. #Lula2022”, escreveu.

A relação entre Marília e o PT tem ficado cada vez mais tensa e, inclusive, a sua permanência no partido já foi colocada em cheque após uma sequência de desalinhamentos.

 

Supremo forma maioria para manter decisão de Fachin e deixar Lula apto para disputar eleição de 2022

0

O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria nesta quinta-feira (15) para anular as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e devolver os direitos políticos do petista.

Os ministros Edson Fachin, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Rosa Weber, Alexandre de Moraes, Dias Toffoli e Cármen Lúcia votaram nesse sentido.

Indicado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o ministro Kassio Nunes Marques foi o único a divergir. O magistrado defendeu a revogação da decisão de Fachin.

Os demais magistrados concordaram que as ações contra Lula não tratavam apenas da Petrobras e que a competência da 13ª Vara Federal de Curitiba dizia respeito somente a processos com vinculação direta com a estatal petrolífera.
Os ministros ainda devem decidir se os processos devem ser remetidos à Justiça Federal do Distrito Federal ou de São Paulo.

Em duas das quatro ações, casos conhecidos como tríplex de Guarujá (SP) e do sítio de Atibaia (SP), Lula foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro, sentenças já confirmadas em instâncias superiores. Com isso, o ex-presidente foi enquadrado na Lei da Ficha Limpa.

A decisão de Fachin que determinou a transferência dos processos para a capital do país havia sido tomada no dia 8 de março.

Na semana seguinte, a PGR (Procuradoria-Geral da República) apresentou ao Supremo um recurso para restabelecer as condenações.

Ao recorrer da decisão de Fachin, a subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo argumentou que a Lava Jato apontou crimes praticados no âmbito do esquema criminoso que pilhou a Petrobras. Segundo a acusação, contratos da estatal com a construtora OAS estão na origem de valores ilícitos direcionados a Lula.

A denúncia, disse a representante do Ministério Público Federal, relata elos entre os contratos da OAS firmados com a Petrobras e a vantagem ilícita obtida por Lula. “Há de ser preservada a competência do juízo de origem”, afirmou Lindôra.
Na defesa de sua decisão, Fachin disse ser “forçoso reconhecer que o caso não se amolda ao que tem sido decidido majoritariamente no âmbito da Segunda Turma [do STF]”.

“A competência da 13ª Vara foi sendo entalhada à medida que novas circunstâncias fáticas foram trazidas ao conhecimento do STF, que culminou por afirmá-la apenas aos crimes direta e exclusivamente praticados em relação à Petrobras”, afirmou.

Em diversas passagens do seu voto, Fachin reafirmou a jurisprudência do Supremo que fixou na 13ª Vara Federal os casos que dizem respeito exclusivamente à estatal petrolífera.

Ele citou decisões da Segunda Turma da corte que, desde 2015, tiraram do Paraná várias apurações da Lava Jato.

No caso do triplex do Guarujá, motivo do habeas corpus de Lula ao Supremo que resultou na decisão de Fachin do início de março, o ministro afirmou que a denúncia não atribuiu ao ex-presidente “uma relação de causa e efeito entre sua atuação como presidente da República e determinada contratação pelo grupo da OAS com a Petrobras, em decorrência da qual se tenha acertado o pagamento da vantagem indevida”.

“Na estrutura delituosa delimitada pelo Ministério Público ao paciente [Lula], são atribuídas condutas condizentes com a figura central do imputado grupo como grupo criminoso organizado, com ampla atuação nos diversos órgãos pelos quais se espalharam as práticas ilícitas, sendo a Petrobras um deles”, disse.

“Não se trata apenas de corrupção identificada no mensalão e na Petrobras, isso é afirmação do Ministério Público”.
E prosseguiu: “Ao longo de todos os anos, em que Lula, diz o Ministério Público, ocupou o mais alto cargo do Poder Executivo Federal, diversos outros casos de corrupção semelhantes foram verificados.”

O relator da Lava Jato mencionou que as apurações apontaram irregularidades na Eletronuclear, Ministério do Planejamento e na Caixa, “um cenário de macrocorrupção política”, segundo ele.

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para o STF, Kassio Nunes Marques divergiu do colega Edson Fachin e votou contra a anulação das condenações de Lula.

Na avaliação de Kassio, as ações penais contra o petista devem prosseguir na 13ª Vara Federal de Curitiba, hipótese que devolve ao ex-presidente a condição de inelegível e impede sua participação nas eleições de 2022.

O ministro afirmou que as investigações do petista que tiveram origem na 13ª Vara Federal de Curitiba têm conexão com os crimes cometidos na Petrobras e não devem ser invalidadas e remetidas à Justiça Federal do DF.

Na linha do que defendeu a PGR, o ministro recorreu a uma série de achados da apuração do caso triplex do Guarujá para sustentar a relação dos contratos da OAS firmados com a Petrobras e a vantagem ilícita obtida por Lula.

“Os fatos versados nas ações penais descritas estão, de fato, associados diretamente ao esquema criminoso de corrupção e lavagem de dinheiro investigado no contexto da Operação Lava Jato cuja lesividade veio em detrimento exclusivamente da Petrobras”, afirmou. “E, assim sendo, a competência, a meu sentir, é da 13ª Vara Federal.”

O julgamento desta quinta foi iniciado na quarta-feira (15), quando o Supremo decidiu manter a análise da matéria no plenário da corte.

Por 9 a 2, os ministros rejeitaram o pedido da defesa do ex-presidente para que o tema fosse analisado pela Segunda Turma, colegiado que é integrado por cinco magistrados e tem perfil contrário à Lava Jato.

Miguel Coelho e Gonzaga Patriota entregam tratores para agricultores de Petrolina

0

Os agricultores da comunidade do Caroá e do Assentamento Josias e Samuel ganharam um apoio significativo para o aumento da produção. Nesta quinta (15), o prefeito Miguel Coelho e o deputado federal Gonzaga Patriota entregaram dois tratores para auxiliar os produtores rurais dessas duas regiões. Os equipamentos custaram R$ 207 mil oriundos de emenda parlamentar federal.

A entrega foi realizada numa solenidade com poucos convidados: dois moradores das comunidades beneficiadas, secretários municipais e vereadores. O prefeito fez questão de agradecer ao deputado federal, que, apesar de ser filiado a um partido de oposição, o PSB, mantém parcerias com a gestão de Miguel Coelho. “Gonzaga, todos os anos, tem colocado emenda para a Prefeitura, mesmo com o seu partido tendo divergências conosco. Essa é a política que soma, que acreditamos, que trabalha pela população, sem brigas políticas, sem interesses pessoais ou partidários”, elogiou.

O parlamentar sertanejo, por sua vez, destacou a capacidade de Petrolina de enfrentar a pandemia e os efeitos econômicos, mantendo a produção alta e baixa mortalidade pelo coronavírus. “Miguel, por onde eu tenho andado, tenho me assustado. Em Brasília, em Pernambuco. Não é só problema de morrer pessoas, é também a quebradeira. Mesmo a pandemia tendo atacado por aqui, a gente vê as pessoas falarem em comprar, vender. Praticamente a gente não vê em Petrolina o que se vê no resto do país: a doença e a crise econômica”, reconheceu Gonzaga Patriota.

Fonte: Blog do Roberto – Araripina

Inmet emite alerta de fortes chuvas para 31 cidades; veja lista

0

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu, nesta quinta-feira (15), um alerta para acumulado de chuva em 31 cidades da Mata Sul e do Agreste de Pernambuco.

Segundo o órgão, há possibilidade de acumulado de chuva superior a 60 milímetros por hora ou 100 milímetros por dia.

O aviso é válido, pelo menos, até as 23h59 desta quinta-feira nas seguintes cidades:

Mata Sul
Água Preta
Barreiros
Belém de Maria
Catende
Correntes
Jaqueira
Maraial
Palmares
Quipapá
São Benedito do Sul
Xexéu

Agreste
Angelim
Bom Conselho
Brejão
Caetés
Calçado
Canhotinho
Capoeiras
Cupira
Garanhuns
Ibirajuba
Jucati
Jupi
Jurema
Lagoa do Ouro
Lagoa dos Gatos
Lajedo
Palmeirina
Panelas
São João
Terezinha

Além das cidades pernambucanas, há expectativa de acumulado de chuvas para regiões de Alagoas e Sergipe.

Em caso de emergências, os moradores das regiões afetadas devem procurar o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil.

Governo de Pernambuco disponibiliza R$ 15,68 milhões para incentivar projetos culturais; Inscrições começam nesta sexta

0

As inscrições para o edital 2020-2021 do Funcultura Geral, promovido pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult-PE) e Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), terão início nesta sexta-feira (16). Os proponentes interessados deverão realizar sua inscrição exclusivamente pela internet, por meio da plataforma Prosas, até o dia 30 de abril deste ano.

Ao todo serão disponibilizados R$ 15,68 milhões para incentivar projetos das seguintes linguagens culturais: Artes Integradas, Artes Plásticas, Artes Gráficas e Congêneres, Artesanato, Circo, Cultura Popular e Tradicional, Dança, Design e Moda, Fotografia, Gastronomia, Literatura, Ópera, Patrimônio, Teatro, Formação e Capacitação e Pesquisa Cultural. Confira o edital e seus anexos.

Somado aos editais de Audiovisual, Música e Microprojeto Cultural, a Fundarpe irá incentivar neste ano a produção cultural independente do Estado com recursos na ordem de R$ 37 milhões.

O edital do Funcultura Geral irá permitir que, em algumas categorias, os projetos possam ser executados em formato presencial, online ou híbrido. Também haverá pontuação diferenciada para proponentes mulheres, idosos, pessoas com deficiência, negros(as), indígenas, e pessoas com identidade não cisgênera ou ageneridade, tais como pessoas trans, travestis, não bináries, intersexuadas, andróginas, fluídas ou outra variabilidade. Já em relação à regionalização, haverá uma reserva que estabelece o mínimo de 40% dos projetos aprovados oriundos do Interior.

Obras paradas, licitações em atraso e falta de remédios, marcam os 100 dias de governo em Bodocó.

0

Com mais de 100 dias de governo, a gestão municipal de Bodocó ainda não disse a que veio. Para alguns, o prazo de validade para iniciar as críticas, são de 180 dias, mas para outros, isso significa um enorme prejuízo para o município.

O prefeito Otávio pedrosa (PSB) assumiu o cargo municipal há mais de 100 dias. Recebeu da gestão de Túlio Alves, a casa organizada e dinheiro em conta para dar continuidade aos serviços e obras em acabamento, mas até agora, a justificativa do executivo é que a burocracia é grande.

A administração que esbanjou jargões de campanha como “gestão pão com ovo”, agora não consegue fazer nem ovo puro mexido. Apesar de não ter havido tempo para uma transição maior, todos sabem em Bodocó, e o próprio prefeito já declarou em programas de rádios, que recebeu as contas em ordem e salários em dia. No entanto, a depressão que cai sobre o município não é somente de pandemia, e sim, de uma gestão que já começa sem ânimo e sem mostrar trabalho.

Um dos pontos de retrocesso e de reclamação parte dos moradores do bairro Raul Alves. Trata-se da obra de saneamento/calçamento, onde foi deixado em conta da prefeitura mais de 600.000,00 (seiscentos mil reais) do convênio com a caixa econômica para finalizar. Até agora, tudo parado!

Outros problemas de fácil solução também são deixados de lado ou estão muito atrasados, é o caso da merenda escolar. Em tempos de pandemia, não estão acontecendo às aulas presenciais, mas, todavia, as famílias tem o direito de receber os kit’s alimentação. A gestão educacional 2016/2020 deixou em conta o valor de 58.554,10 (cinquenta e oito mil, quinhentos e cinquenta e quatro reais e dez centavos) de saldo, mas até agora as famílias ainda não receberam um único grão de feijão. Além do saldo deixado em conta, a prefeitura já recebeu do FNDE / programa Nacional de alimentação escolar, nos meses de janeiro a março o valor de 136.633,80 (cento e trinta e seis mil, seiscentos e trinta e três reais e oitenta centavos). Portanto, um valor de quase 200 mil reais para serem comprados de alimentos para a rede estudantil.

Sr. Prefeito, quem é pobre não pode deixar acumular fome, pense nisso!

A estrutura administrativa, ainda não mostrou as medidas estratégicas para solucionar problemas de gestão atual e nem tampouco dar continuidade ao processo de execução dos projetos deixados pela gestão anterior, e nesse caso, não dá para aguardar seis meses para a atual administração provar a sua capacidade, trabalho e honestidade com os munícipes bodocoenses.

A falta de remédios continua sendo uma prerrogativa do governo de Otávio, e não se pode falar de falta de recursos, não é doutor?

Medidas de rápidas decisões precisam ser tomadas em todas as áreas para evitar o total colapso do munícipio. Os prefeitos foram eleitos para ter total disponibilidade aos munícipes, mas em Bodocó o horário do prefeito, quando está na prefeitura, é de apenas meio dia e quem atende por ele não está dando a resposta devida à sociedade, e por isso, os atrasos em obras, licitações e tantos mais passaram a fazer parte do cotidiano da prefeitura.

É importante dizer também que os recursos continuam chegando, e até mais, por conta da pandemia, portanto não há justificativas para a depressão causada em Bodocó nos últimos 100 dias. Assinaturas de ordem de serviço e fotografias ao lado de deputados, fomentando mais promessas, não são aceitas em um município que já mostrou o nível de exigência que tem, o eleitor.

 

 

PF e CGU apuram supostas irregularidades na Secretaria de Educação de Petrolina desde 2015

0

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (13), a Operação Contrassenso, com objetivo de investigar possível prática dos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, fraude em licitação, falsidade ideológica e organização criminosa através de contratações realizadas pela Secretaria de Educação da Prefeitura de Petrolina/PE desde 2015.

Em coletiva de imprensa, realizada nesta manhã, o Delegado da Polícia Federal Afonso Marangoni Júnior, afirmou que a investigação aborda servidores de Petrolina, Recife e Minas Gerais. A Controladoria-Geral da União, confirmou que a Operação Contrassenso consiste no cumprimento de 32 mandados de busca e apreensão nos municípios de Recife (PE), Petrolina (PE), Jaboatão dos Guararapes (PE), Olinda (PE), Paulista (PE), Camaragibe (PE), Igarassu (PE) e Belo Horizonte (MG). O trabalho conta com a participação de 2 auditores da CGU e de 123 policiais federais.

As investigações apontam irregularidades no fornecimento de kit escolar, entre o final do ano de 2015 até o ano de 2020, com emprego de recursos federais oriundos do FUNDEB, verba sob fiscalização da União. A investigação é uma decorrência da análise do material apreendido na denominada Operação Casa de Papel, deflagrada pela Polícia Federal em 2020. As penas dos crimes investigados alcançam 31 anos de reclusão.

A Controladoria-Geral da União realizou auditoria em parte das contratações, apontando evidências dos artifícios utilizados pelo grupo empresarial para burlar os processos licitatórios, em especial o uso de empresas de fachada criadas em nome de interpostas pessoas (laranjas). As investigações são comandadas  pelo Delegado da Polícia Federal Afonso Marangoni Júnior e contam com a participação da CGU.

Ao Blog de Carlos Britto, a Prefeitura Municipal afirmou que em breve dará um posicionamento oficial sobre o caso.