Home Notícias Pagamento do terço de férias dos professores de Bodocó não sai e...

Pagamento do terço de férias dos professores de Bodocó não sai e prefeitura recebe a maior parcela do FPM dos últimos 18 anos

223
0
Em 2017 a gestão de Túlio Alves justificou e comprovou as dificuldades da Secretaria de Educação expondo para a população um órgão endividado e sucateada. Hoje, a realidade é outra. O governo que passou, entregou uma cidade organizada e secretarias com dinheiro em caixa. A Secretaria de educação foi repassada sem dívidas. O prefeito Tulio Alves, pensando na continuidade do desenvolvimento de Bodocó repassou do FPM para a Educação o valor de 760 mil reais para pagamento da folha de dezembro dos professores.
A parcela do FPM que caiu no dia 08 de Janeiro nos cofres da prefeitura foi de R$ 2.089.548,01 (dois milhões e oitenta e nove mil, quinhentos e quarenta e oito reais e um centavo). Segundo o CNM (Confederação Nacional de Municípios), essa foi a maior parcela desde 2003. Essa parcela, inclusive, é 53,83% maior do que o mesmo período do ano passado. Portanto, dinheiro tem para pagar a quem devemos respeito; os professores.
Dada as situações acima citadas, as perguntas que não calam são:
– QUAL A JUSTIFICATIVA PARA O NOVO PREFEITO NÃO TER PAGO ATÉ AGORA O 1/3 DE FÉRIAS DOS PROFESSORES DE BODOCÓ?
Por: Lusimar Lima
Jornalista DRT 0004738/PE

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here