Home Galeria Prefeito de Bodocó encaminha projeto de Lei à Câmara municipal pedindo autorização...

Prefeito de Bodocó encaminha projeto de Lei à Câmara municipal pedindo autorização para empréstimo de quatro milhões e quinhentos mil reais.

480
0

Bodocó amanheceu com mais uma novidade nos bastidores da política. O prefeito Dr. Otávio Pedrosa, encaminhou projeto de lei No. 008/2021, DE 08 DE JUNHO DE 2021 para ser apreciado e votado na Câmara de vereadores, o qual, está sendo marcado a sessão de votação para amanhã, dia 29 de junho. O projeto trata-se de um pedido de autorização de empréstimo da Prefeitura junto ao Banco do Brasil, no valor de R$ 4 milhões e quinhentos mil reais, com a finalidade para a compra de veículos para transporte escolar. Mas, muita coisa chama a atenção neste pedido. Vamos lá às nossas inquietações:

Bodocó não precisa se endividar!

Incapaz de conquistar investimentos e obras, através de articulação política, o prefeito de Bodocó, preferiu iniciar como sua grande obra, o endividamento da prefeitura, em vez de incomodar os seus deputados que arrancaram mais de 5 mil votos do povo dessa cidade.

Um empréstimo desse valor, para esse fim, pode causar um prejuízo de décadas para o município. Dr. Otávio recebeu das mãos do ex-prefeito Túlio Alves uma cidade organizada quanto a Infraestrutura, dinheiro em caixa, convênios regulares e obras à terminar. Portanto, esse empréstimo, é no mínimo estranho para o cenário que vivemos.

Escolas fechadas e sem previsão de quando irão recomeçar as aulas presenciais, e ainda com uma prefeitura bastante organizada que de janeiro de 2021 até hoje, só recebeu nas suas contas, parcelas crescentes de investimentos federais FPM e FUNDEB. O mínimo que o prefeito deve fazer é explicar melhor esse endividamento que pode atrasar Bodocó futuramente.

Em regime de crise financeira nacional, acompanhado de uma pandemia sem fim para acabar, manda o bom senso não arrumar dívidas, quando, principalmente, não está gastando nem o que tem.  Toda essa situação em torno do Projeto de endividamento leva, no mínimo, a um pedido de análise da situação financeira da Prefeitura de Bodocó, a qual deverá também ser apresentada à população. Um projeto desse nível não pode passar em branco, pois poderá inviabilizar Bodocó nos próximos 10 anos.

Entenda como foi a transição de Bodocó e porque esse projeto não pode passar desapercebido:

  1. Referente aos convênios deixados pela gestão anterior, foi deixado um valor de 13.200.522,70 (Treze milhões, duzentos mil, e quinhentos e vinte e dois reais e setenta centavos)
  2. Recursos deixados nas contas da prefeitura referente às Secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social: 6.282.818,91 (Seis milhões duzentos e oitenta e dois mil, oitocentos e dezoito reais, e noventa e um centavos).
  3.  Resto à pagar: ZERO. Ou seja, não foi deixado dívidas para a gestão atual.

É preciso analisar também que a prefeitura já recebeu de recursos federais de janeiro a MAIO de 2021, sem contar os recursos oriundos de ICMS, ITR,CIDE, transporte escolar, impostos municipais, ICMS do estado entre outros, o valor de R$ 33.336.209,55 (trinta e três milhões, trezentos e trinta e seis mil, duzentos e nove reais e cinquenta e cinco centavos).

Vale salientar que o município ainda não realizou licitações para compra de medicamentos, e continua muito precário o atendimento à assistência ao povo nessa fase de pandemia. Diante dos fatos apresentados, não está esclarecido a necessidade do pedido de débito para o município, o qual está muito bem organizado, necessitando apenas de uma boa gestão e a participação da Câmara de vereadores em executar o seu papel de fiscalização e apoio aos bodocoenses.

Amanhã, 29 de junho, o projeto estará sendo votado e a sociedade vai acompanhar de perto esse desenrolar para entender qual a justificativa do prefeito e vereadores na sua aprovação, caso ocorra. A população aguarda um posicionamento do executivo e legislativo, e no mínimo, repito, uma análise de capacidade de endividamento do município. Vamos aguardar!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here