Home Notícias Projeto de Lei sobre autorização para empréstimo de quatro milhões e quinhentos...

Projeto de Lei sobre autorização para empréstimo de quatro milhões e quinhentos mil reais para compra de ônibus em Bodocó, foi aprovado, hoje.

245
0

Após gerar debate nas redes sociais sobre o empréstimo que endivida o município, o prefeito Dr. Otávio Pedrosa manda seus secretários para a sessão de hoje, para explicar e tirar as dúvidas sobre o projeto.

O projeto de Lei No. 008/2021, DE 08 DE JUNHO DE 2021, trata-se de uma linha de crédito oferecida pelo Banco do Brasil com juros de pelo menos 9,5% a.a, segundo o secretário de Administração, o senhor Carlos Eduardo que esclareceu também que isso vai gerar uma grande economia para o município, mas não se sabe ainda os valores das parcelas e nem o juro real que só será possível no ato de homologação do empréstimo, caso seja aprovado.  O Secretário de educação, o senhor Elinaldo galindo disse que a informação do empréstimo, foi repassada para ele em uma reunião com o FNDE, o qual foi avaliado pelo prefeito, Dr. Otávio e imediatamente enviado à Câmara para votação. Esse empréstimo deverá comprar entre 18 a 20 ônibus que levará mais dignidade aos alunos do campo, disse o secretário.

Os argumentos apresentados não convenceram os vereadores Joel Bezerra, Daniel Tavares e Chico Bolim que acharam bastante vagos e com riscos de endividamento para Bodocó. Os três vereadores afirmaram que por consequência da pandemia, não acham conveniente adquirir dívidas em um momento de tamanha instabilidade, onde não se sabe ao certo o que vai acontecer, e portanto, as prioridades para o momento são outras.

Os vereadores Dário Brito, Mikael Felix e Aluizio Andrade da base da oposição, votaram a favor do projeto do prefeito, usando os mesmo argumentos destacados pela situação, sem levar em consideração mais uma dívida que o munícipio terá que pagar, caso seja aprovado pelo banco, que, naturalmente, será.

Visitando a página da Secretaria do Tesouro Nacional, pude constatar que se depender da gestão eficiente dos últimos quatros anos, o recurso será liberado. A linha de crédito oferecida será acessada pelos municípios que tiverem cumprido com as regularidades e tributos fiscais, portanto a depender disso, Bodocó está bem na fita e tem grandes chances de aprovar o projeto. no entanto, para o banco isso é ótimo, só saberemos o resultado e as consequências para o município daqui a alguns anos. O projeto tem 06 (seis) meses de carência e 60 (sessenta) meses para ser pago, ou seja cinco anos.

Na verdade, esse projeto beneficia mesmo é o governo federal que retira das suas costas o preço da cobrança dos deputados pedindo ônibus para os seus municípios, e sobrecarrega o município em endividamentos com juros altos. A falta de articulação política do governo municipal fica clara em ações como essa. Bodocó foi entregue de forma positiva e tranquila financeiramente, não custava nada o grupo atual correr atrás de emendas e evitar mais uma dívida para o município, já que a cidade está linda e organizada, inclusive, recebendo nos próximos dias mais um ônibus, a pedido do ex-prefeito Túlio Alves, ao deputado Bruno Araújo.

Gestão municipal em cidade com pouca arrecadação, se faz com conquistas e articulação política, e não com endividamento.

Para finalizar esse assunto, falta esclarecer que a dívida de 4,5 milhões será somada aos custos que antes, eram dos donos de ônibus. A compra dos ônibus, não exime o município dos custos de: Combustível, manutenção e motorista que antes eram custeados pelos proprietários dos veículos. A partir de agora, após aprovação do empréstimo, esses custos serão somados também aos 4,5 milhões que Bodocó terá que pagar a todo custo.  Vamos aguardar!

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here